junho 25, 2016

[LANÇAMENTO] Mobilidade Social em Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, e Senhora, de José de Alencar

13499707_1027089840740294_735738972_o

 

Vem aí mais um lançamento para os fãs de dois ótimos romances, Orgulho e Preconceito e Senhora: Mobilidade Social em Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, e Senhora, de José de Alencar, escrito por Márcio Azevedo da Silva. Veja, abaixo, a sinopse divulgada pelo autor:

 

“A proposta deste livro é promover um diálogo, a partir da Literatura Comparada, sobre mobilidade social nos romances Orgulho e Preconceito, da escritora inglesa, Jane Austen, e Senhora, do escritor brasileiro José de Alencar. Cada romance é de extrema relevância para a compreensão das sociedades inglesa e brasileira do período em que os livros foram escritos. No primeiro capítulo, apresentamos o contexto histórico em que os autores estão inseridos, considerando a influência da era Georgiana na obra de Jane Austen, além de sua curiosa escolha por não aderir ao Romantismo em voga. Ressaltamos a respeito do Romance Burguês e suas influências na obra de José de Alencar. No segundo capítulo, apresentamos a comparação entre os dois romances e suas principais personagens, tendo como base teórica o livro Literatura Comparada, de Sandra Nitrini. O terceiro capítulo apresenta um diálogo intersemiótico entre o filme Orgulho e Preconceito, de 2005, dirigido por Joe Wright e o romance de Jane Austen, o mesmo acontecendo com o filme Senhora, de 1976, dirigido por Geraldo Vietri e o romance de Alencar, com o objetivo de elucidar as especificidades da narrativa literária e da narrativa fílmica.”

 

Confesso que estou muito interessada nesta leitura, ainda sem data certa de lançamento. O autor falará, dentre outros tópicos, sobre as semelhanças e diferenças entre Aurélia Camargo e Elizabeth Bennet, e também sobre Seixas em comparação a Darcy e a Wickham. Dois romances incríveis sob a ótica da literatura comparada. Imperdível!

 

Sobre o autor: Márcio Azevedo da Silva nasceu em Parintins, no Amazonas. Graduou-se em Letras-Língua Portuguesa (UEA, 2005, Especialização em Metodologias de Língua Inglesa) ( UEA, 2007, Graduação em Letras-Língua Inglesa ( UFAM, 2012, Mestrado em Letras ( UFAM, 2015). Publicou os contos Desromantizando ( 2013), Predestinação ( 2013) e Prisão sem Muro ( 2014). É compositor de oito toadas, em parceria, na história centenária do Boi-Bumbá Garantido. Atua como docente de Língua e Literaturas de Língua Inglesa.

ATUALIZAÇÃO: Veja a resenha deste livro aqui.

 

maio 11, 2016

[RESENHA] PRIMEIRAS IMPRESSÕES, DE LRDO

capa_5_17_2

Sinopse: “Primeiras Impressões é uma adaptação moderna de Orgulho e Preconceito de Jane Austen. O romance eterno de Lizzie e do Sr. Darcy é situado desta vez entre paisagens paradisíacas do Brasil e cenários surpreendentes dos Estados Unidos, em um relacionamento complexo entre uma carioca sarcástica e brilhante e um político americano de uma família conservadora.”

 

Primeiras Impressões, da escritora e blogueira LRDO, me instigou por muito tempo. Ficava imaginando como essa história seria estruturada; se seria verossímil, e, acima de tudo, de agradável leitura. A capa também sempre me chamou a atenção. Quando eu pude, finalmente, ter o livro nas mãos, comecei a ler imediatamente! E foi uma leitura surpreendentemente agradável.

Os primeiros capítulos são muito claros nas referências aos personagens de Orgulho e Preconceito. Creio que este livro seja mais procurado por fãs de Austen, contudo, uma pessoa que nunca leu o clássico pode ler Primeiras Impressões sem medo de ser feliz! LRDO conseguiu transportar a essência dos personagens que amamos para a atualidade, sem ficar chato nem ser obviamente parecido com o romance de Austen.

Liz Benevides e Frederick Darcy revivem de forma moderna (e mais apimentada) a história de amor de Lizzie e Mr. Darcy. Acho que esse é um casal que nunca vai cansar as Jainetes de plantão; e neste livro você também vai se apaixonar por eles.

 

(…) O clima eletrizante que sentia com aquele homem era muito real. E inédito para ela.

Frederick não esperou uma segunda chance. (…) Tentou mentir para si mesmo. Tentou ignorar a atração. Tentou esquecê-la quando deixou o Brasil, e novamente quando deixou Washington. Tentou fingir que o que sentia por Liz não era nada. Mas era tudo. 

Ela era o seu tudo.” (p. 223)

 

É uma leitura muito agradável, principalmente porque numa dada altura da história Primeiras Impressões se distancia de Orgulho e Preconceito e passa a ter voz própria. De maneira alguma é um livro previsível; ele consegue nos fazer esperar pelo final feliz dos personagens com aquela ansiedade boa que só um bom romance tem. Recomendo! 

 

 

 

Título: Primeiras Impressões
Autora: LRDO
Editora: Kiron
Páginas: 304

Compre na Amazon: Primeiras Impressões.

 

Resenha em colaboração com o blog Escritoras Inglesas.

março 04, 2016

[RESENHA] ORGULHO E PRECONCEITO EM HQ

Sinopse: ““É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro, de posse de boa fortuna, deve estar atrás de uma esposa.”Elizabeth e suas quatro irmãs estão impossibilitadas de herdar a propriedade de seu velho pai e enfrentam a ameaça do despejo. As irmãs devem garantir sua segurança financeira por meio do casamento, mas nossa heroína tem outros planos. Ela fez votos de se casar somente por amor. Seu olhar acaba capturado pelo distinto Sr. Darcy, mas quem irá salvar os Bennets? Elizabeth deve se casar por amor ou deve salvar sua família?Jane Austen se referia a Orgulho e preconceito (1813), o primeiro romance que escreveu, como seu “filho querido” – e gerações de leitores lhe têm dado um cantinho em seus corações desde então. A atração irresistível que ela retrata, entre a vivaz e independente Elizabeth Bennet e o austero e solene Sr. Darcy, se insere entre as maiores, mais românticas e mais engraçadas histórias de amor já contadas.”

 

Uma história, quando é boa, não se esgota em si mesma. Por essa e outras razões, Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, vem sendo adaptada com sucesso para o cinema, teatro, televisão, e agora, em HQ!

A Editora Nemo trouxe para o Brasil uma ótima adaptação em HQ de Orgulho e Preconceito, adaptada por Ian Edginton, ilustrada por Robert Deas e com tradução de Fernando Variani e Gregório Bert. A edição está impecável e é peça obrigatória não só na coleção dos fãs de Austen, como também na dos aficionados em quadrinhos.

O roteiro foi muitíssimo bem estruturado, pois em momento algum temos a impressão de estarmos acompanhando uma história picotada. Todos os momentos e diálogos mais importantes do clássico de Jane Austen estão na HQ e as ilustrações casam perfeitamente com a adapatação. Detalhes como a paleta de cores escolhida para as cenas, o olhar dos personagens, seus gestos mais discretos, humores… enfim, toda a essência do romance está presente nesta HQ. Além de ser uma ótima forma de apresentar Jane Austen e sua história a quem ainda não conhece, Orgulho e Preconceito em HQ é mais um meio de se encantar com esses personagens, queridos há mais de duzentos anos.

 

IMG_20160219_144353

 

 

 

Título: Orgulho e Preconceito em HQ
Autores: Jane Austen; Ian Edginton (adaptação); Robert Deas (ilustração)
Tradução: Gregório Bert e Fernando Variani
Editora: Nemo
Páginas: 144

 

Veja o Booktrailer:

 

Tamires de Carvalho • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPressDesenvolvido por