maio 22, 2020

[RESENHA] VAMOS COMPRAR UM POETA, DE AFONSO CRUZ

Sinopse: “Numa sociedade dominada pelo materialismo, as famílias têm artistas em vez de animais de estimação. É nesse cenário, onde cada espaço tem um patrocinador, cada passo é medido com exatidão, e até a troca dos afetos é contabilizada, que uma menina pede ao pai um poeta. Com humor e leveza, Afonso Cruz conduz uma narrativa para fazer pensar sobre o utilitarismo e o papel da arte em um mundo onde tudo precisa ser mensurado.”

 

Imagine um mundo em que o Deus por quem mais se clama é o dinheiro. Imagine um mundo em que as nossas roupas, móveis, eletrodomésticos, sapatos (…) fossem patrocinadas por empresas. Imagine um mundo em que o nosso pensamento e ações sejam puramente numéricos. Imagine que até as nossas opiniões sejam algum tipo de publicidade (ou, para falar a linguagem da internet, #publi).

Fala sério: não é nem um pouquinho difícil de imaginar. Em maior ou menor medida, esse é o nosso mundo, o mundo em que vivemos.

No livro “Vamos comprar um poeta”, do escritor português Afonso Cruz, publicado no BR pela Dublinense, essa realidade “distópica” é mostrada a partir de uma família. Aqui os artistas são como animais de estimação, podem ser, inclusive, comprados em lojas. E a menina pede ao pai que lhe compre um poeta. E o poeta vai pingando seus versos aqui e ali, transformando aquelas pessoas. Cativando a todos nós.

 

“A poesia, diz-me ele, transfigura o universo e faz emergir a realidade descrita com a absoluta precisão da ambiguidade. Nunca li um bom verso que não voasse da página em que foi escrito. A poesia é um dedo espetado na realidade.

Um poeta é como quem sai do banho e passa a mão pelo espelho embaciado para descobrir o seu próprio rosto.” (p. 76)⠀


O estagiário da @dublinense (ver Instagram, especialmente os stories) tem razão quando fala apaixonadamente sobre Vamos comprar um poeta: esse é o tipo de livro que a gente tem vontade de comprar aos montes e colocar debaixo da porta de todo mundo. Lindo, delicado, comovente. Já está na minha estante dos favoritos (e presenteáveis).

 

Sobre o autor:
Afonso Cruz nasceu em 1971, na Figueira da Foz e, além de escritor, é também ilustrador, músico e cineasta. Publicou mais de trinta livros, entre romances, teatro, não ficção, ensaio, álbuns ilustrados, novelas juvenis e ainda uma enciclopédia inventada, que conta com sete volumes. Colabora regularmente para jornais e revistas, e recebeu vários prêmios pelos seus livros, cujos direitos estão vendidos para vinte idiomas.

 

 

Título: Vamos comprar um poeta (Coleção Gira)

Autor: Afonso Cruz

Editora: Dublinense

Páginas: 96

Compre em e-book na Amazon ou na Livraria Dublinense, clicando aqui.

 

 

Tamires de Carvalho • todos os direitos reservados © 2020 • powered by WordPressDesenvolvido por