[RESENHA] O CASAMENTO DE MANCHESTER, DE ELIZABETH GASKELL

Sinopse: Uma das mais argutas exploradoras das contradições e misérias da sociedade inglesa da era vitoriana, Gaskell desenvolve personagens ambíguos e complexos, que submergem o leitor em uma relação na qual nunca pode estar completamente seguro.

O casal Openshaw veio de Manchester para morar em Londres. No Lancashire o marido tinha a profissão de vendedor numa grande firma industrial que expandira seus negócios e estava abrindo um depósito na capital, onde o sr. Openshaw passaria a ser o supervisor. Para ele a mudança era boa, pois tinha certa curiosidade em conhecer Londres, a qual nunca pudera satisfazer em suas breves visitas à metrópole. Nutria ao mesmo tempo um desprezo agudo e particular por seus habitantes, que considerara gente grã-fina e indolente, preocupada somente com a moda e a aristocracia, passando os dias sem fazer nada na Bond Street e lugares parecidos, falando mau inglês e por sua vez sempre disposta a desprezá-lo.

Para quem gosta de narrativas curtas, quer se entreter com uma boa história e descobrir novos autores, a coleção “Contém um conto” traz sempre o melhor da literatura mundial em tamanhos pequenos. Contos dos mais importantes escritores para você poder ler onde quiser: enquanto pega o ônibus, espera na fila do pão ou durante a pausa do almoço. Tudo com a facilidade e a rapidez do formato digital.”

 

Não que seja exatamente uma verdade absoluta, mas eu costumo me lembrar do que disse Charles Dickens quando leio algo algo da Elizabeth Gaskell; de que ela era como Sherazade, pela capacidade que tinha de nos prender em suas histórias.

A autora explorou as nuances dos costumes da sociedade inglesa de sua época (vitoriana), a complexidade das pessoas e de seus relacionamentos, tudo isso com certo suspense e algumas reviravoltas que nos prendem às páginas de seus livros.

Este conto, O casamento de Manchester (1858), é dessas histórias que grudam nossos olhos nas páginas. É difícil falar dele sem dar spoiler (!), mas acredito que seja uma boa porta de entrada à literatura produzida por esta escritora inglesa. Confie em mim, ou peça mais informações nos comentários, que eu responderei de forma privada! Para não dizer que não falei quase nada da história em si, acrescento que em O casamento de Manchester nós percebemos o quanto a vida, inevitavelmente, só pode andar para frente.

A coleção “Contém um conto”, da Companhia das Letras, a qual este conto da Gaskell faz parte, traz no formato e-book, diversos autores, nacionais e internacionais, em narrativas breves. São ótimas histórias para ler em qualquer lugar, bem rapidinho, além de ser uma boa forma de conhecer, também, um novo autor favorito. Os e-books custam em torno de 5 reais, alguns um pouco menos.

 

 

Veja o que já escrevi sobre Elizabeth Gaskell aqui no blog, clicando aqui.

 

 

Título: O casamento de Manchester

Autora: Elizabeth Gaskell

Tradução: S. Duarte

Editora: Companhia das Letras

Páginas: 46

Compre na Amazon: O casamento de Manchester

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *