julho 19, 2017

[RESENHA] UM AMOR INESPERADO, DE SILVIA SPADONI

Sinopse: “Na antiga Inglaterra, Amélia embarca em um plano mirabolante com o único objetivo de se livrar do seu terrível tutor: casar-se com um total desconhecido e, ainda por cima, prisioneiro da Coroa Britânica à espera da execução. O plano parece dar certo. Ela se considera viúva e já não sente mais a presença obscura de seu guardião. Mas o mundo de Amélia vira de ponta-cabeça quando Lorde Cunnington, o herdeiro até então ignorado do conde de Hartford, assume as propriedades e é recebido como herói na sociedade local. Tudo estaria bem, não fosse o fato de ele ser o prisioneiro com quem ela havia se casado no submundo daquela fétida prisão. Amélia, agora, precisa enfrentar a vingança do homem cujo nome ela comprou e os novos sentimentos que a simples presença daqueles olhos negros desperta nela.”

 

Um Amor Inesperado é o segundo livro da série independente Amores, da escritora Silvia Spadoni. É o tipo de leitura que você termina com um sorriso no rosto, dá até vontade de abraçar o livro antes de colocá-lo de volta na estante. Um romance de época leve e encantador, perfeito para ler em um único dia.

Lady Amélia de Wintour procura por um marido no submundo da prisão de Fleet, em Londres, a fim de se livrar de seu terrível tutor. O mirabolante plano tinha como objetivo obter o documento que libertaria Amélia e a colocaria na confortável condição de viúva, tendo em vista que o noivo era um prisioneiro da Coroa Britânica à espera da execução.

James Cunnington não teve outra alternativa a não ser aceitar casar-se com Amélia. Tratava-se de um acordo vantajoso para o diretor da prisão, que recebera uma boa quantia em ouro para viabilizar o matrimônio. Sendo assim, mediante tortura, James disse o sim que Amélia tanto precisava.

Dois anos depois, Amélia vivia tranquila, mantendo a farsa de um rápido casamento com um soldado que foi a óbito em batalha. Estava passando uma temporada na casa da amiga Lady Snowden, que estava grávida, quando receberam a notícia de que a propriedade vizinha receberia o seu novo dono, o sobrinho-neto e herdeiro do conde de Hartford. O novo conde era um herói de guerra que esteve infiltrado na prisão de Fleet como um traidor da Coroa, mas tudo parte de um teatro para obter informações. Em uma inteligente manobra, ele fugiu do enforcamento e conseguiu se infiltrar no exército francês e assim obteve informações importantes para o exército inglês. Retornou para Inglaterra, pois sofrera um ataque e seu disfarce estava prestes a ser descoberto. Qual não foi a surpresa de Amélia ao ouvir o nome James Cunnington como o responsável por essas extraordinárias ações! Seria um homônimo ou o seu noivo que retornara do mundo dos mortos para atormentá-la? Seria possível ela ter saído das mãos de um tirano para cair nas mãos de outro?

James nunca esquecera os olhos verdes da mulher que o forçara a casar-se com ela na fétida prisão, quase pondo por água abaixo seu disfarce. Ele estava disposto a achá-la para se vingar pela humilhação. Mas não contava encontrar uma pessoa tão diferente da qual ele sempre imaginou ser a sua Amélia.

De forma ainda mais envolvente que no primeiro livro, o leve suspense que permeia o romance entre os protagonistas dá um toque super especial a essa história. Recomendo muito a leitura e mal posso esperar para ler o Um Amor Apaixonado, terceiro e último livro da série Amores, à venda no site da Pedrazul Editora neste link.

 

 

Veja a resenha de Um Amor Conquistado, primeiro volume da série Amores, aqui.

 

 

Título: Um Amor Inesperado (Série Amores, livro 2)
Autora: Silvia Spadoni
Editora: Pedrazul
Páginas: 240

 

Compre no site da Pedrazul e ganhe lindos marcadores, clique aqui.

 

Compre o e-book na Amazon: Um Amor Inesperado.

março 13, 2017

[RESENHA] A SOMBRA DA ROSA, SPIN-OFF DE A PROMESSA DA ROSA, DE BABI A. SETTE

Sinopse: “Após dois anos de procura, Arthur, o nono duque de Belmont, finalmente reencontra a sua amada Kathelyn. Ele estava preparado para tudo, exceto para a possibilidade dela não aceitá-lo de volta.

Kathelyn não estava preparada para reencontrar o único amor de sua vida, quem dirá perdoá-lo por todos os erros cometidos no passado.

Nesse spin-off, Babi A. Sette presenteia os leitores com cenas cheias de emoção, romance e doces surpresas, onde o leitor conhecerá como esse casal apaixonado e teimoso alcançará o seu merecido final feliz.”

 

ATENÇÃO: Esta resenha contém spoiler do livro A Promessa da Rosa. Inclusive, a leitura deste spin-off é recomendada preferencialmente para quem já leu o romance.

 

A Promessa da Rosa foi uma leitura que fiz no ano passado e finalizei com um nó na garganta, assim como muitos outros leitores. É uma história cheia de reviravoltas, como eu já havia dito na resenha que fiz, mas o final acabou por ser demasiadamente abrupto. Tudo indicava que Arthur e kathelyn iriam finalmente ficar juntos, mas depois de tandos mal entendidos e sofrimentos, eles mereciam mais algumas páginas de felicidade (e os leitores também).

 

Pensando nisso, acredito eu, Babi A. Sette escreveu esse spin-off, uma continuação mais detalhada e romântica para o final dos dois. Já vou logo dizendo que, se ainda existe alguém que tem ódio do duque de Belmont por tudo o que ele fizera Kathelyn passar, certamente fará as pazes com o personagem! Babi não economizou no romantismo e essa leitura, eu garanto, você vai finalizar com os olhos marejados de satisfação. Não vou dar muitos detalhes para não estragar a surpresa de quem não leu, mas uma das minhas passagens favoritas deste spin-off foi saber que Arthur se vingou, mesmo que rapidamente, daquela prima invejosa da Kathe jogando-a em um lago! Mesmo sendo apenas uma menção ao fato, adorei que a personagem que iniciou todo o sofrimento do casal, sobretudo o de Kathelyn, não tenha sido esquecida e que tenha tido um castigo interessante.

 

O Spin-off ficou gratuito por alguns dias, mas o preço para comprar é bem módico e a satisfação garantida: você lê rapidamente e a leitura toca o seu coração! Foi um lindo desfecho para uma história arrebatadora. Aproveitei para comprar o e-book do livro O Despertar do Lírio, que quero ler em breve.

 

Ao final da história, Babi ainda presenteou os leitores com um trecho exclusivo de seu novo romance, Não me esqueças, que não estará na edição a ser publicada pela editora Verus neste ano. Vem mais coisa boa por aí, mal posso esperar!

 

 

Veja abaixo as minhas citações favoritas de A Sombra da Rosa:

“Escute, cada rosa desse jardim é para ela. Cada passo que dou em minha vida, cada movimento, cada inspiração, eu faço para ela… e mesmo assim, sem ela eu vivo na sombra. – Ele apontou em direção à rosa e a linha da sombra projetada pelo sol. – Se eu perder a esperança de tê-la novamente… eu terei perdido tudo.”

 

“E então, ele a beijou nos lábios de leve, com apenas um toque, mas o suficiente para ela se lembrar de tudo. Do quanto o amava, do quanto o odiava. Do quanto ainda o queria.”

 

“Senhorita – disse ele –, a sua luz transforma todas as pessoas e coisas em sombras. Vocês mesmos podem ver. Percebem? – Arthur perguntou ao olhar para os convidados, que abriram uma roda onde eles estavam. – Ela é a única rosa aqui presente. O resto? É somente a sombra que sua luz projeta… É somente a sombra da rosa.”

 

 

 

 

Título: A Sombra da Rosa (Spin-off de A Promessa da Rosa)
Autora: Babi A. Sette
Editora: Publicação Independente / Amazon
Páginas: 106

Compre na Amazon: A Sombra da Rosa.

dezembro 07, 2016

[RESENHA] A PROMESSA DA ROSA, DE BABI A. SETTE

“Enquanto houver histórias de amor nascendo e vivendo em nossos corações, todas as rosas cumprirão a sua promessa.”

 

A Promessa da Rosa, da autora brasileira Babi A. Sette, é um romance de época, ambientado, em sua maior parte, na Inglaterra do século XIX.

Nossa protagonista é Kathelyn Stanwell, a filha mais velha do Conde de Clifford, mas que tem certo desprezo pela sociedade a qual está inserida. Seu sonho é ser livre e casar-se apenas por amor. É uma jovem inteligente, até em demasia, para uma dama da época; tinha grande conhecimento da língua grega e de cultura antiga. Sua sabedoria, aliada à beleza conquistam o Duque de Belmont, Arthur Harold, que fará o que estiver ao seu alcance para possuir a jovem. Digo possuir, pois o Duque, inclusive por seu título, é um homem acostumado a ter tudo o que deseja, sem que haja negativas ou dificuldades. Kathelyn é uma moça a frente de seu tempo, considerada rebelde por seus pais, e que não se dobrará facilmente a nenhum homem, mesmo ele sendo um Duque. Sendo assim, Belmont firma um acordo em segredo com o pai da jovem, em que o compromisso de casamento já fica acertado, tendo o intuito de conquistá-la antes de levá-la ao altar.

Sem saber do acordo, mas cada vez mais atraída por Belmont, Kathelyn deixa-se levar. Os dois apaixonam-se perdidamente um pelo outro, entretanto, a inveja, o ciúme, um grande mal entendido e a hipocrisia ferina da alta sociedade tornará esse amor mais difícil.

“Em anos como preceptora, nunca tive tanta certeza como tenho agora de que todos esses títulos de damas e cavalheiros, todos esses gestos afetados e normas rigorosas são vestes falsas que escondem pessoas mais sujas do que qualquer meretriz barata e mais cruéis do que assassinos sanguinários. – Bateu com a bengala no chão, como que para evocar a força do que acabara de dizer. – Vamos! – Puxou o braço de Kathelyn, que a seguiu entre saias, nuvens de véus, olhares de monstros e línguas maldosas em um campo de batalha.”

 

Muitos acontecimentos me fizeram odiar o Duque de Belmont. Por impulso, pelo ciúme cego, ele torna a vida de Kathelyn miserável. Contudo, todos os acontecimentos do romance contribuem para sua absolvição, por assim dizer. O amor regido por regras tão rígidas muitas vezes pode trilhar caminhos complicados até conseguir florescer.

“Você sempre estará em casa quando mergulhar no seu coração.”

 

Quando tudo caminhava para esta ser mais uma leitura água com açúcar, o romance de Babi A. Sette transformou-se em um sem fim de reviravoltas; uma trama tão arrebatadora que só permitiu que eu largasse o meu kindle após ler as últimas palavras! Definitivamente não é um romance comum e é uma grande felicidade ler uma história tão rica escrita por uma autora brasileira.

 

 

 

Título: A Promessa da Rosa
Autora: Babi A. Sette
Editora: Novo Século
Páginas: 510

 

Este livro faz parte da série “Flores da Temporada”, cujo segundo título, “O Despertar do Lírio”, tem como protagonista a irmã de Kathelyn, Lilian. Veja a sinopse:

“Lilian Radcliffe é uma jovem viúva e está feliz com sua vida isenta de emoções. Culpa do luto que não larga? Lilian jurou fidelidade ao marido no leito de sua morte.

Paralelo a isso, conhecemos Simon Thorn, homem frio e libertino, dono do maior antro de casa de jogos de Londres. Ele está a um passo de realizar seu plano de vingança contra o culpado pelo título de assassino que recebera anos atrás. O problema é que o canalha está morto e ele terá de usar a sua viúva recatada a fim de atingir seus objetivos.

De um lado, ela precisa manter sua honra intacta; de outro, ele quer seduzi-la e desmoralizá-la. No entanto, Lilian nunca se sentiu tão vulnerável e atraída por um homem. E Simon, por sua vez, demonstra sentimentos dos quais nunca imaginara sentir por uma mulher. A vingança e a honra se abalam quando nasce entre ambos uma paixão incontrolável. Mas, para ficarem juntos, terão de enfrentar segredos e mágoas profundas, um castelo trancado há seis anos, palco de uma morte misteriosa e, sobretudo, encarar os fantasmas do passado que assombram suas consciências.”

 

Compre na Amazon: A Promessa da Rosa e O Despertar do Lírio.

 

Tamires de Carvalho • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPressDesenvolvido por