outubro 05, 2018

[RESENHA] TENTE OUTRA VEZ, DE FABIANO JUCÁ

Sinopse: “E se uma música fosse a chave de comunicação entre dois mundos? Um convite para esta obra de gênero híbrido entre a ficção científica, o espiritual e o drama.

Tente Outra Vez é sobre a brevidade da vida. Sobre como a vida é breve e bela. Bela em sua brevidade e breve em sua beleza. Não espere por dias melhores. Faça de hoje o seu melhor dia.
Tente Outra Vez é sobre a aceitação do inevitável, é sobre a superação da dor. É sobre, principalmente, o amor. Sobre o amor e sobre amar. Ame incondicionalmente.

Uma história surpreendente. Uma grande reviravolta. Uma jornada de autoconhecimento e superação. Solomon, às voltas com problemas no casamento, se vê, em dado momento, num mundo onde sua esposa e sua filha… nunca existiram. É nesse ponto que começa sua batalha, com a ajuda de um velho tagarela e risonho chamado Amit, que mais atrapalha que ajuda.

Tente Outra Vez é nome de uma música de Raul Seixas, e a letra dela dá o tom da luta de Solomon.

Venha se encantar e se apaixonar por uma história verdadeiramente de amor!”

 

QUE. LIVRO. INCRÍVEL. Eu sei que essa é uma forma bastante estranha para se começar uma resenha, mas cá entre nós, minha intenção aqui é, quase sempre, fazer com que você parta o quanto antes para a leitura e não perca muito tempo comigo (é sério!). Tente Outra Vez, do escritor paranaense Fabiano Jucá foi uma das melhores leituras que eu fiz neste ano. É um livro curto, com uma trama muito envolvente e um enredo diferente. O leitor logo percebe que está diante de uma ótima ideia e que ela foi muito bem desenvolvida.

Solomon é uma pessoa que em determinado momento da vida sente-se cansado. A rotina, nós pobres mortais que somos casados e batemos ponto diariamente sabemos muito bem, pode ser bem estressante. Certo dia, em uma viagem com sua esposa e filha, ele estaciona o carro em uma lanchonete de beira de estrada para dar uma pausa após algum tempo de rusga com a esposa e sente uma coisa estranha, uma fraqueza. Passado o mal estar, qual não é a surpresa de Solomon ao perceber que sua família havia sumido! Não havia rastro da esposa ou da filha, sequer uma prova que elas realmente existiam.

A partir desse susto, Solomon embarca em uma jornada de autoconhecimento e nós viajamos com ele, afinal, temos dois pés para cruzar a ponte. Prepare-se para ter a voz de Raul Seixas ecoando em sua mente ao longo da leitura — e também depois dela — pois Tente Outra Vez (a música) é muito marcante nesta novela.

 

 

Tente Outra Vez é uma obra híbrida que une o melhor de todos os temas a que se propõe: é ficção científica, mas é acessível; é espiritual, mas não é doutrinadora; e é drama, mas tem pitadas muito assertivas de humor. Particularmente, incluiria também o gênero filosófico. Em dado momento percebi que a história de Solomon conversa muito com o livro Ei! Tem Alguém Aí?, de Jostein Gaarder. Aliás, Tente Outra Vez transmite tantas lições, de forma tão despretensiosa, que Gaarder ficaria confuso se pudesse ler um livro que parece dele, mas foi lindamente escrito por um brasileiro.

“O que é a loucura afinal? Viver coisas que não existiram é loucura? Os loucos realmente existem? Perceba: o mundo é feito de perguntas, muito mais que de respostas. Para cada resposta, podemos formular um número infinito de perguntas. Será mesmo que você quer respostas?”

 

Com a leitura, tive reforçada a convicção de que o amor é o que temos de mais belo e importante na vida e de que todo dia é dia de respirar fundo e pensar alguns segundos antes de ter uma discussão banal com alguém, pois cada minuto conta e pode ser definitivo. Temos mais facilidade para falar algo que magoa do que simplesmente fazer um elogio ou dizer um “eu te amo”, já percebeu?

Cada página de Tente Outra Vez foi uma descoberta. Garanto que vai ser assim quando você embarcar na estrada com Solomon.

 

“Cometemos muitos erros, o tempo todo. Não estamos livres. Não crescemos sem errar. E quem vive em função de não errar, já erra exatamente aí, pela covardia e omissão diante da vida.”

 

 

*** Não posso falar de Amit (ver sinopse) sem dar spoilers significativos sobre a obra. Mas estou sempre disponível nos inbox da vida para comentar algo que precisa ficar de fora da resenha pelo bem da sua leitura e do meu pescoço.

 

 

Título: Tente Outra Vez

Autor: Fabiano Jucá

Editora: Independente

Páginas: 113

Compre na Amazon (gratuito para assinantes Kindle Unlimited): Tente Outra Vez.

Disponível em formato físico para compra direto com o autor.

maio 14, 2018

[LANÇAMENTO] TENTE OUTRA VEZ, DE FABIANO JUCÁ

Sinopse: “Acima de tudo, uma história sobre amor. Amor a si e aos outros, amor ao mundo. 
Amor, amar e ser amado (Leticia Cavalcante, escritora).  

E se uma música fosse a chave de comunicação entre dois mundos? Um convite para esta obra de gênero híbrido entre a ficção científica, o espiritual e o drama.

Uma história surpreendente. Uma grande reviravolta. Uma jornada. Solomon, às voltas com problemas no casamento, se vê, em dado momento, num mundo onde sua esposa e sua filha… nunca existiram. É aí que começa a sua batalha, com a ajuda de um velho tagarela e risonho chamado Amit, que mais atrapalha que ajuda.”

 

Fabiano Jucá está lançando em formato físico o livro Tente outra vez, edição revista e com essa capa lindíssima da história com milhares de leituras na plataforma Wattpad, onde o autor é sucesso entre os leitores. O livro pode ser comprado no site da Fênix Produções Editoriais  ou diretamente com o autor, em seu perfil no facebook. 

 

 

Já li outros textos do autor e posso afirmar que, no mínimo, o que você vai encontrar em Tente outra vez é um texto super bem escrito e que vai te prender até a última página. Estou ansiosa para ler esse lançamento, em breve vai ter mais sobre o livro por aqui!

março 02, 2018

[ETC.] DEZ LEITURAS PARA FAZER EM UM DIA NO WATTPAD

 

É verdade que, no Wattpad, às vezes pode ser um pouco difícil encontrar uma boa leitura. E isso se deve, em parte, pela enorme oferta de títulos disponíveis aos mais variados gostos e idades. Tem gente que não gosta de ler por lá por inúmeros motivos, mas eu, como autora e especialmente como leitora, só tenho elogios a fazer quando o assunto é a plataforma. Se você quer ler boas histórias sem pagar nada, listei abaixo dez ótimas sugestões de leitura de grandes autores que conheci pelo Wattpad e redes sociais. O melhor é que dá para ler tudo (ou pelo menos uma das histórias) em apenas um dia!

 

Quimera, de Julian de Souza

Sinopse: “Faço aqui ― e deixo explícito ― um tributo direto à obra de Eça de Queirós, “O Primo Basílio”, texto que me influenciou e estimulou a este novo olhar.

É, portanto, num Brasil inculto de matas virgens e oitocentista, que Luísa desperta para o pesadelo: está nua, longe de casa, numa terra grosseira e desconhecida. No embalo destes seus medos, ela encontra um índio que promete devolvê-la para a civilização…”  

 

O ideal de John Humphrey, de Paola Giometti

Sinopse: “Já imaginaram se os humanos vivessem em abatedouros para satisfazer a fome dos animais civilizados? E se um porco decidisse defender esses humanos?”

 

Ampulheta ou, sobre a corrosão do conformismo, de Fabiano Jucá.

Sinopse: “Sobre como o tempo pode ferir a existência. através do conformismo das massas.

Participante do primeiro Concurso do Perfil FicçãoGeralBR, conquistou o terceiro lugar.”

 

O marajá da tentação, de Katherine Salles 

Sinopse: “Na segunda metade do século XIX, décadas antes do naufrágio do Titanic, a jovem Catharina Catterfield embarca da Inglaterra, seu país natal, para a América do Sul, onde servirá de missionária na missão Help for Brazil, convidada por sua amiga Sarah Poulton Kalley. Cristã convicta, Catharina dedica a vida à sua fé. Na embarcação, porém, ela conhece o mestiço de indiano com inglês, Sidarta, que é descendente de Marajás, e se apaixona por ele. Para Catharina, o amor por alguém que não possui o mesmo Deus que ela é um amor impossível, mas não consegue, apesar disso, se livrar com facilidade do sentimento ardente que tem por Sidarta.

*

Trata-se de uma história curta e epistolar (narrada através de cartas).”

 

Desanamorados, de Sara Jesus

Sinopse: “Dois jovens

Um coração

E muitos percalços pelo caminho!

Poderão dois amigos serem felizes no amor?

No dia dos namorados o Cupido planta muitas surpresas….

– conto do #concursocontosdeamormml”

 

Casa Vazia, de John Miler

Sinopse: “A história de uma casa.”

 

Requiem para a inocência, de Thiago Lee

Sinopse: “Neste comovente conto, uma jovem musicista vê seu mundo virar de ponta cabeça ao encontrar um misterioso garoto plebeu. Apanhados em meio a uma guerra que assola o reino, os dois devem aprender o verdadeiro significado da amizade.”

 

Feitiço de amor, de Clara Madrigano

Sinopse: “Duas amigas decidem encomendar um feitiço de amor, mas aprendem que o objeto de um desejo nem sempre é o que se espera.”

 

Em solo português, de Naiara Aimee

Sinopse: “Nicole foi chamada de última hora para uma viagem para Portugal. Ela aceita, mas tudo que tem é uma mala rasgada e a vontade de viver novas aventuras. Ao chegar lá, ela descobre que irá encontrar muito mais que isso.”

 

O beijo, de Ben Oliveira

Sinopse: “Sentada no chão do quarto como uma criança, ela folheava as cartas e fotografias amareladas pelo tempo. Como as folhas que desprendiam das árvores e se arrastavam pela rua, ela chorava pelas coisas que se foram, torcendo pelo dia em que receberia o meu beijo agridoce e elétrico. Vinte e quatro horas até que nossos lábios se toquem, sussurrei em seu ouvido, mas ela não me escutou […]”

 

BÔNUS!

 

Microcontos – Textinhos para ler com pressa,  de Érica Batista

Sinopse: “Uma série de minúsculos textos criados para o desafio de microcontos Escambau do mês de janeiro de 2018.”

 

Espero que gostem! Vamos prestigiar a literatura nacional dos nossos dias!

Tamires de Carvalho • todos os direitos reservados © 2018 • powered by WordPressDesenvolvido por