dezembro 14, 2017

[RESENHA] SOB OS ACORDES DOS ANJOS, DE CHIRLEI WANDEKOKEN

Sinopse: “Joss Horsfield tem o curso de sua vida alterado quando, no leito de morte, o Marques de Lands End, seu pai, reconhece seu irmão bastardo como filho e revela a grande farsa em que suas vidas foram enredadas. Agora, ao lado de seu irmão, ele começa uma busca pela mãe biológica de ambos. Mas a procura pela verdade traz novas descobertas, como duas primas que sobreviveram a um incêndio criminoso que matou toda a família: Celestine, uma louca que passou a vida escondida num hospício – e a quem ele teria que suportar –, e Estell, que durante a fuga das chamas se perdeu da irmã, foi levada para França, e retorna a Londres para um ajuste de contas. Joss, agora, tem que lidar com as consequências de mexer no passado, mas o que ele não esperava era que a louca Celestine o ensinaria outro tipo de loucura: a de amar alucinadamente.

Um romance intenso, personagens apaixonantes e o tempo, provando que ele gira, mas nada lhe passa impune.”

 

Sob os acordes dos anjos é o mais novo lançamento da autora Chirlei Wandekoken, da Pedrazul Editora. Com um título marcante e uma capa lindíssima, tão logo o e-book foi anunciado nas redes sociais eu o peguei de empréstimo no Kindle Unlimited para dar uma olhadinha rápida. Pouco tempo depois, já tinha lido cinco capítulos. No dia seguinte, cheguei ao final. A história é tão intensa e viciante, que eu duvido que algum leitor — especialmente um aficionado por romances de época ou históricos — seja capaz de abandonar essa leitura.

O livro começa com revelações sobre um amargo passado, o qual o Marquês de Lands End resolve não levar para o túmulo: muitas mentiras e mortes entrelaçam as vidas de seu filho Joss Horsfield, do bastardo Ray, reconhecido pelo Marquês no leito de morte, e das primas Celestine e Estell, que tiveram suas infâncias roubadas quando um incêndio criminoso matou toda a sua família. Joss descobre que sua mãe biológica está viva, porém confinada em um hospício. Ela fora posta lá por vingança de Catherine, a falecida Marquesa, uma ambiciosa e cruel mulher que roubou um dos filhos de Josephine, Joss, e dera ordens de matar o outro, Ray. Ela decidiu se casar com o Marquês por prestígio, envolvendo-o em sua teia aproveitando-se das dificuldades financeiras que ele enfrentava.

Investigando o passado, Joss descobre que uma das primas, Celestine, viveu com Josephine no hospício, fingindo-se de louca para proteger a prima. Estell, que teve uma valiosa ajuda quando ocorreu o incêndio, acabou sendo adotada na França, voltando para Inglaterra muito tempo depois.

 

“— Meu Deus! Há quanto tempo eu não sinto o toque de uma flor em minhas mãos, o seu cheiro… Que coisa mais linda! Que perfume doce! Como é bom ser livre de novo!

Joss, surpreso, olhou para ela, pois a voz da pessoa que havia dito aquela frase era uma voz normal, sem a agudez gutural que ela sempre infligia, sem nem um quê de loucura, muito pelo contrário. Os olhos violeta de Celestine estavam marejados, e um sorriso — um lindo sorriso — surgia nos lábios rosados.

Joss ficou hipnotizado pelo brilho daquele instante.”

 

Neste romance vemos como o tempo é implacável: todos os personagens, direta ou indiretamente, herdaram os feitos de seus antepassados. As disputas, os crimes e os amores da geração anterior formam a rede de intrigas e segredos a ser desvendada pelos mais jovens. Assim o relógio caminha. Nas mãos de alguns está a possibilidade de justiça.

Sob o acorde dos anjos tem como foco (romântico) principal a relação entre Joss e Celestine, uma moça sem modos, com pouco equilíbrio mental, mas muito verdadeira em seus sentimentos. O título do romance faz referência a uma linda cena quando eles se conheceram. Entretanto, temos outros casais pelos quais suspirar, alguns deles terão suas histórias contadas em futuros lançamentos da autora. Em resumo, o que posso dizer sobre este livro é que o enredo é surpreendente, com toques pontuais de sensualidade e erotismo, um cenário belíssimo (a idílica Cornualha!) e personagens apaixonantes, cada um a seu modo. Leitura mais que recomendada!

 

 

 

Título: Sob os acordes dos anjos
Autora: Chirlei Wandekoken
Edirora: Pedrazul
Páginas: 191

Compre na Amazon (disponível também para assinantes Kindle Unlimited): Sob os acordes dos anjos.

 

O que vem por aí: Série Paixões

Paixão de Recomeço: “Rosamund Lydgate era uma jovem viúva e amante de um lorde na Cornualha. Sempre tinha sido apaixonada por ele, mesmo antes de se casar com um cavalheiro que tinha idade para ser seu avô. Mas Rosamund vê seu mundo ruir quando esse lorde a abandona por outra. Desconsolada, ela se deixa cuidar por Sam Brooke, um doce e belo cavalheiro que sempre tinha sido apaixonado por ela. Pode uma mulher aprender a amar? Pode um coração partido voltar a ter paz? É possível voltar a sorrir depois de uma desilusão? Neste inebriante romance sobre recomeço, os personagens descritos mostram que felicidade é um conceito e que a alegria está dentro de casa um, basta deixá-la fluir.”

 

Paixão de Reencontro: “Jannie Beechworth estava pronta para se casar com outro, quando lorde Saymon Stanbury a sequestra a caminho da igreja. Forçando sua amada a se casar com ele na Escócia, Saymon terá que provar que aquele reencontro é para valer. Mas quem foi ferida uma vez tem medo da entrega, e Jennie, a fermentada, como lorde Stanbury a chama, não facilitará as coisas. Determinado a reconquistá-la, Saymon jurou que a fará implorar por ele, e o lorde costuma cumprir suas promessas.”

 

Paixão Além dos Mares: “Roger Montgomery, de Arundel Castle, estende sua Grand Tour para a Grécia e chega a Rhodes, um lugarejo medieval, parado no tempo. Mas o que Montgomery não imaginava é que sua fascinação pela Grécia antiga ganharia um nome: Saphira. Em visita à residência do Grande Mestre, ele se apaixonou pela filha de um dos 14 Cavaleiros da Ordem de São João, uma tradição bizantina do século 7d.C., destinada a se casar com um dos novatos cavaleiros. Mas, completamente alucinado pela beleza exótica da moça, ele a rouba e a leva para a Inglaterra. Um romance tórrido sobre as águas do mediterrâneo.

 

 

SOBRE A AUTORA: Chirlei Wandekoken é jornalista e coordena a área editorial da Pedrazul Editora, da qual foi idealizadora, juntamente com seus sócios. É apaixonada pelos livros desde criança, e sua terapia é escrever. Como leitora, sua preferência literária, além dos clássicos ingleses, são os romances contemporâneos de época e os históricos. Como escritora, visita o passado, mas também escreve romances contextualizados nos tempos atuais.

São de sua autoria A Estrangeira, A Ama InglesaUm Cocheiro em Paris e Fronteira da Paz, que compõem a série independente O Quarteto do Norte, e escreveu também Sob os acordes dos anjos, Quando os céus conspiram e Comprada por um lorde.

A autora possui mais dois romances publicados, ambos contemporâneos, cujos enredos se passam no Brasil: Por Trás da Escuridão e O Vento de Piedade.

 

setembro 05, 2017

[LANÇAMENTO] COMPRADA POR UM LORDE, DE CHIRLEI WANDEKOKEN

 

Já está disponível em e-book na Amazon o novo lançamento de Chirlei Wandekoken, Comprada por um lorde! Essa é mais uma história do universo do Quarteto do Norteiniciado com A Estrangeira. Você pode adquirir o livro em formato digital neste link ou ler gratuitamente pelo kindle Unlimited. Veja a sinopse abaixo:

 

Como fazia todo verão, lorde Steve, o conde de Ponthieu, passava uma temporada no medieval castelo do amigo Roger de Montgomery: o Arundel Castle. O lorde gostava da vila de Arundel e simpatizava com as pessoas de Sussex. Até que vira lorde Patchetts tentar estuprar uma camponesa, a quem socorrera dando uns bons socos na cara do maldito barão. Depois desse triste acontecimento, ele ficou vários anos longe de Arundel, pois não aceitava que Montgomery mantivesse amizade com tão vil cavalheiro. Mas depois que soube da morte do barão voltou a Sussex para descobrir que a moça do passado não só tinha sido vendida pelo próprio pai para uma casa de prostituição, mas que o maldito camponês estava prestes a negociar sua outra filha, uma linda jovem de 17 anos, e dar-lhe o mesmo fim da filha cortesã. E ele, portanto, resolveu comprá-la. O que acontecerá com Meg Hayes? O que o conde de Ponthieu fará com a jovem que acabara de comprar?

julho 28, 2017

[LANÇAMENTO] QUANDO OS CÉUS CONSPIRAM, DE CHIRLEI WANDEKOKEN

 

Já está disponível em e-book na Amazon o novo lançamento de Chirlei Wandekoken, Quando os Céus Conspiram! Essa é mais uma história do universo do Quarteto do Norteiniciado com A Estrangeira. Você pode adquirir o livro em formato digital neste link ou ler gratuitamente pelo kindle unlimited. Veja a sinopse abaixo:

 

Ela sabia fazer sexo, mas ele ensinou-a a fazer amor!

Inspirado na história real de Charlotte Hayes (século XVII), uma linda cortesã de um bordel londrino conhecido como “convento”, Quando os Céus Conspiram narra as histórias de Amy Hayes e o conde Filippo Raspail.

A linda camponesa escapara de ser estuprada por lorde Patchetts para dois anos depois ser violentada pelo filho bêbado de um fazendeiro. Desonrada, ela se muda para Londres em busca de trabalho. Mas Amy era bonita demais para ser empregada de uma dama. Ninguém queria aquela ameaça em sua casa. Restara a ela, portanto, A Casa das Damas, um conhecido bordel londrino que mantinha carruagem e criados de libré para suas damas da noite que eram ensinadas a se portarem como educadas ladies. Quando o visconde de Beauchamp, um dos lordes mais terríveis de Londres, tornara-se seu protetor, Amy caíra em total desgraça. Obrigada a ir com ele para Paris, num esquema de traição à Coroa Britânica, ela é salva por um cavalheiro quando tentava se matar no rio Sena.

Filippo Raspail era um nobre que, como Amy Hayes, tivera um passado tremendamente infeliz. Tudo que ele queria era cumprir seus dias na terra para finalmente encontrar sua amada Juillet no outro lado do desconhecido. Morta há mais de 20 anos, ele se enterrava com ela, pois a amargura o consumia dia após dia. Quando os céus conspiraram a favor deles, Amy, que odiava todos os homens, tivera que aprender que nem todos eles eram bestas, como ela os chamava, e Raspail que a vida podia não ser tão lúgubre assim.

 

Tamires de Carvalho • todos os direitos reservados © 2017 • powered by WordPressDesenvolvido por